quinta-feira, 23 de julho de 2015

A Mudança de Lugar não Muda a Dor do Sentimento


Quão mal está no caso quem cuida que a mudança de lugar muda a dor do sentimento! E, se não, diga-o quien dijo que la ausencia causa olvido. Porque, enfim, la tierra queda, e, o mais, a alma acompanha. Ao alvo destes cuidados jogam meus pensamentos à barreira, tendo-me já, pelo costume, tão contente, de triste, que triste me faria ser contente; porque o longo uso dos anos se converte em natureza. Pois o que é para maior mal, tenho eu para maior bem. Ainda que, para viver no mundo, uso um outro pano, para não parecer coruja entre pardais, fazendo-me um para ser outro, sendo outro para ser um; mas a dor dissimulada dará seu fruto, que a tristeza no coração é como a traça no pano. 

E por tão triste me tenho 
que, se sentisse alegria, 
de triste, não viveria. 
Porque a tal sorte vim 
que não vejo bem algum 
em quanto vejo, 
que não nasceu para mim; 
e por não sentir nenhum, 
nenhum desejo. 

Porque, coisas impossíveis, é melhor esquecê-las que desejá-las. E, por isso 

Só tristeza ver queria, 
pois minha ventura quer 
que só ela conheça por alegria, 
e que, se outra quiser, 
morra por ela. 

Luís Vaz de Camões, in "Cartas"